Sanofi
Compre aqui
Como combater a falta de foco Como combater a falta de foco

Como combater a falta de foco

A falta de foco te atrapalha? Confira sugestões que podem te ajudar a aumentar sua produtividade.

A falta de foco é uma situação muito comum que pode impactar diretamente a produtividade no trabalho, estudos ou vida pessoal. A atenção pode ser prejudicada por muitos fatores e é importante ficar alerta ao estado geral de saúde. Estresse [1], esgotamento mental [2], sedentarismo [3], sono irregular [4] e depressão [5] são alguns dos problemas que podem estar relacionados com a baixa concentração no dia a dia.

Como reverter a falta de foco e atenção?

Apesar de algumas vezes estar ligada a problemas de saúde, a falta de foco e atenção também pode ser um sinal de desorganização do seu tempo. Reveja a sua rotina e mude alguns hábitos que podem estar prejudicando a sua produtividade. Veja abaixo 4 dicas que podem te ajudar a mudar essa situação!

Controle o tempo que você passa nas redes sociais

Na era da tecnologia, perdemos muito tempo no ato automático de rolar o feed das redes sociais ou sempre checar se uma nova mensagem ou “like” chegou no celular. Atentos a essa mudança de comportamento nos últimos anos, pesquisadores do mundo inteiro buscaram entender os efeitos da tecnologia no cérebro e na saúde em geral.


Como combater a falta de foco

Um estudo colaborativo entre cientistas da Austrália, Estados Unidos e Reino Unido descobriu que a internet pode estar mudando a nossa estrutura cerebral: a tecnologia foi associada a alterações em áreas cognitivas, que se refletem na memória, interação social e atenção. [6] O resultado dessa pesquisa confirma o que muitos já suspeitavam: é preciso ter controle do uso das redes sociais, principalmente se você está com problemas de concentração.

Faça uma coisa de cada vez

É normal achar que fazer várias coisas simultaneamente otimiza o seu tempo, mas esse conceito é totalmente equivocado. Estudos indicam que a multitarefa pode atrapalhar a performance em uma das atividades que você está tentando finalizar. Isso ocorre porque o nosso cérebro ativa áreas independentes para cada tarefa realizada. Quando vários recursos mentais são estimulados ao mesmo tempo, pode haver uma sobrecarga cerebral, que resulta em trabalhos com menor qualidade. Por isso, estabeleça prioridades e aprenda a delegar tarefas que podem ser feitas por outras pessoas, com ou sem a sua supervisão. [7]

Pratique meditação

A meditação é considerada uma espécie de terapia capaz de resolver muitos problemas de saúde. A ciência tem provado que essa crença milenar é verdadeira. Há evidências que mostram os benefícios da prática para pessoas que sofrem com distúrbios do sono ou depressão, por exemplo. Mas, a meditação também está associada com a melhora dos níveis de concentração. Um estudo inspirado em monges budistas analisou o comportamento de 60 voluntários em uma tarefa que exigia muita atenção. Ao fim do experimento, os pesquisadores descobriram que a meditação é capaz de treinar o cérebro para se concentrar em períodos maiores e em situações com mais pressão. [8]

Tire pausas ao longo do dia

Pequenos intervalos durante uma tarefa complexa podem melhorar a falta de foco no seu dia a dia. Há muitos métodos e aplicativos que auxiliam nesse processo - geralmente, indicam o período em que deve se concentrar em uma atividade e os momentos de pausa. Alguns estudos já associaram esses intervalos, que podem durar de 3 a 5 minutos, com uma melhora da concentração. Entre uma atividade e outra, aproveite para assistir um vídeo, esticar as pernas ou mesmo não fazer nada e apenas relaxar. [9]

Referências Consultadas:

[1] Protect your brain from stress | Dr. Kerry Ressler | Harvard Medical School | Agosto de 2018
[2] Effects of mental fatigue on attention: An ERP study | Maarten A.S. Boksem, Theo F. Meijman, Monicque M. Lorist | University of Groningen, The Netherlands | 23 de maio de 2005
[3] Exercício físico e função cognitiva: uma revisão | Hanna K.M. Antunes, Ruth F. Santos, Ricardo Cassilhas, Ronaldo V.T. Santos, Orlando F.A. Bueno, Marco Túlio de Mello | Revista Brasileira de Medicina do Esporte | Março e abril de 2006
[4] Impacto dos transtornos do sono sobre o funcionamento diário e a qualidade de vida | Mônica Rocha Muller, Suely Sales Guimarães | Estudos de Psicologia I Universidade de Campinas | outubro - dezembro 2007
[5] Depressão: causas, sintomas, tratamentos, diagnóstico e prevenção | Ministério da Saúde | s/d
[6] The “online brain”: how the Internet may be changing our cognition | Joseph Firth John Torous Brendon Stubbs Josh A. Firth Genevieve Z. Steiner Lee Smith Mario Alvarez‐Jimenez John Gleeson Davy Vancampfort Christopher J. Armitage Jerome Sarris | World Psychiatry | 06 de maio de 2019
[7] Estudos comportamentais e de neuroimagem sobre multitarefa: uma revisão de literatura | Cyntia BAILER, Lêda Maria Braga TOMITCH | Unesp | 2016
[8] Intensive Meditation Training Improves Perceptual Discrimination and Sustained Attention | Katherine A. MacLean, Emilio Ferrer, Stephen R. Aichele, David A. Bridwell, Anthony P. Zanesco, Tonya L. Jacobs, Brandon G. King, Erika L. Rosenberg, Baljinder K. Sahdra, Phillip R. Shaver, B. Alan Wallace, George R. Mangun, Clifford D. Saron | Psychological Science | Junho de 2010
[9] How the "Pause” Can Improve Your Productivity | Cardinal at Work - Stanford University | 04 de novembro de 2016

Leia Mais

Frasco aberto de Pharmaton® Energy.

Saiba mais sobre Pharmaton® Energy

Saiba como Pharmaton® Energy pode ajudar a aumentar sua disposição, foco e concentração².