Sanofi
Comprar

5 dicas para manter melhorar a imunidade

Controlar o estresse, priorizar o consumo de vitaminas e ter um sono reparador são atitudes fundamentais para manter fortes as defesas do organismo

Você não enxerga, mas dentro do seu organismo existe, neste momento, um exército de células em alerta para agir e defender o corpo em caso de ataques externos, como de vírus, bactérias e outros microrganismos patogênicos. No entanto, a qualidade dessa defesa depende muito dos nossos hábitos de vida1.

É por essa razão que é importante adotar vários cuidados para manter a imunidade sempre na sua melhor performance, e isso envolve se alimentar bem, ter um sono reparador, evitar dietas restritivas, entre outros fatores. Veja abaixo o que você pode fazer para ajudar a manter suas defesas fortes e evitar infecções oportunistas:

1.

Durma bem:

Não tem jeito, o sono é imprescindível para manter a imunidade em ordem. Quando dormimos mal, a liberação do hormônio cortisol aumenta, e ele é um dos responsáveis por baixar a imunidade. Portanto, programe-se para dormir suficientemente todos os dias e, se necessário, procure a ajuda de um especialista em sono2.

2.

Controle o estresse:

O sistema imune está muito ligado às nossas emoções3,4. Passar por uma situação estressante pontualmente, por exemplo, não provoca nenhum problema ao organismo5. O problema está, na verdade, no estresse contínuo, conhecido por estresse crônico, pois ele é capaz de derrubar as defesas do corpo, o que nos deixa suscetíveis a infecções oportunistas, como a de vírus e bactérias. Portanto, na medida do possível, busque atividades para relaxar, como exercícios físicos e meditação.5

3.

Se alimente corretamente:

É fundamental manter uma alimentação saudável e cheia de nutrientes para que a imunidade se mantenha alta1. Vitaminas e minerais, como as vitaminas B6, C, E, ácido fólico, zinco, e selênio, dão uma força para o nosso sistema imune1,6. Para quem não consegue ingerir todos os nutrientes necessários por meio da alimentação, lançar mão de suplementos vitamínicos pode ser uma alternativa para suprir essa necessidade. Pharmaton Complex e Pharmaton 50+, por exemplo, carregam em suas composições as vitaminas e minerais que ajudam a fortalecer o sistema imunológico.

4.

Evite dietas restritivas:

Estar acima do peso não é saudável, mas para voltar ao peso ideal é importante fazer uma dieta saudável e rica em nutrientes, afinal, eles são fundamentais para manter a imunidade em ordem. Uma dieta restritiva e sem a quantidade de vitaminas necessárias, por exemplo, pode enfraquecer o organismo e facilitar a entrada de vírus e bactérias. Portanto, para não sofrer consequências, se quiser perder peso procure o auxílio de um especialista e se alimente de forma saudável6.

5.

Pratique exercícios:

O exercício físico é essencial para uma vida longa e sadia, já que ajuda a evitar diversos tipos de doenças, como problemas cardíacos, diabetes, pressão alta, entre outros7. Além disso, a atividade física é um fator importante para melhorar a imunidade, por isso é importante deixar o sedentarismo de lado e começar a se exercitar7. Porém, nada de exagerar: exercícios intensos podem provocar o contrário, afetando a imunidade e derrubando as defesas do organismo8.

Referências

[1] Caroline E. Childs, Philip C. Calder, Elizabeth A. Miles. Diet and Immune Function. Nutrients. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6723551/. Acesso em 24 de março de 2020.
[2] Beatriz Duarte Palma, Paula Ayako Tiba, Ricardo Borges Machado et al. Repercussões imunológicas dos distúrbios do sono: o eixo hipotálamo-pituitária-adrenal como fator modulador. Brazilian Journal of Psychiatry. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-44462007000500007. Acesso em 24 de março de 2020.
[3] Ronald Glaser. Stress Damages Immune System and Health. Discovery Medicine. Disponível em: http://www.discoverymedicine.com/Ronald-Glaser/2009/07/18/stress-damages-immune-system-and-health/. Acesso em 24 de março de 2020.
[4] Jennifer N. Morey, Ian A. Boggero, April B. Scott. Current Directions in Stress and Human Immune Function. Current Opinion in Psychology. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4465119/. Acesso em 24 de março de 2020
[5] Mayo Clinic. Stress management. Healthy Lifestyle. Disponível em: https://www.mayoclinic.org/healthy-lifestyle/stress-management/basics/relaxation-techniques/hlv-20049495?p=1. Acesso em 24 de março de 2020.
[6] Silvia Maggini, Eva S. Wintergerst, Stephen Beveridge. Selected vitamins and trace elements support immune function by strengthening epithelial barriers and cellular and humoral immune responses. British Journal of Nutrition. Disponível em: https://www.cambridge.org/core/journals/british-journal-of-nutrition/article/selected-vitamins-and-trace-elements-support-immune-function-by-strengthening-epithelial-barriers-and-cellular-and-humoral-immune-responses/94B772EB747D1E5CD9FAC8F90937AA9F. Acesso em 24 de março de 2020.
[7] Mayo Clinic. Healthy Lifestyle. Fitness. Aerobic exercise: Top 10 reasons to get physical. Disponível em: https://www.mayoclinic.org/healthy-lifestyle/fitness/in-depth/aerobic-exercise/art-20045541. Acesso em 24 de março de 2020.
[8] Anthony C. Hackney, Kristen J. Koltun. The immune system and overtraining in athletes: clinical implications. Acta clinica Croatica. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23540172. Acesso em 24 de março de 2020.

Família Pharmaton