Sanofi

A cafeína é um termogênico natural?

A cafeína é considerada um termogênico natural, pois atua no organismo estimulando o gasto calórico e, consequentemente, a perda de peso corporal. Isso explica o fato de da cafeína ser, atualmente, utilizada em suplementos voltados para o mundo fitness. Nesse contexto, a cafeína é consumida, especialmente, pouco antes da atividade física ser iniciada.

Influência da cafeína no equilíbrio energético

A associação entre cafeína e redução e controle do peso corporal é estabelecida por estudos, os quais apontam, ainda, que a substância reduz os riscos de desenvolvimento da síndrome metabólica. A literatura científica também menciona os benefícios da cafeína no campo da performance: aumento de resistência física, redução da fadiga e melhora da atenção e concentração [1].

As propriedades termogênicas da cafeína, seus efeitos no apetite e relação com equilíbrio energético e regulação de peso corporal também são estabelecidos em pesquisas. De acordo com os estudos, a cafeína possui, mais especificamente, a função de influenciar no equilibrio energético, aumentando a energia gasta e diminuindo a energia ingerida. Isso é o que a permite atuar como um importante regulador de peso [2].

Exemplos de perda de peso com suplementação de cafeína

Outra pesquisa revela que o consumo de um miligrama de cafeína implica na queima de 0.1 calorias durante o período das 24 horas seguintes à ingestão. Isso significa que ao tomar uma pílula contendo 150 mg de cafeína, um indivíduo tende a queimar cerca de 15 calorias em apenas um dia [3]. Esses dados reforçam a relação direta entre cafeína e perda de peso corporal.

Um estudo de oito semanas realizado em indivíduos com sobrepeso ou obesos teve resultado positivo de perda de peso com utilização de termogênicos naturais. Os participantes tomaram diariamente um suplemento combinando extrato de chá verde, capsaicina e cafeína e obtiveram perda relativamente significativa de gordura corporal [4]. 

 

Referências Consultadas:

[1] Caffeine (1, 3, 7-trimethylxanthine) in foods: a comprehensive review on consumption, functionality, safety, and regulatory matters | Heckman MA; Weil J; Gonzalez de Mejia E | J Food Sci. | Abril de 2010
[2] The effect of caffeine on energy balance | Harpaz E; Tamir S; Weinstein A; Weinstein Y | J Basic Clin Physiol Pharmacol. | Janeiro de 2017
[3] The effects of catechin rich teas and caffeine on energy expenditure and fat oxidation: a meta-analysis | Hursel R; Viechtbauer W, Dulloo AG; Tremblay A; Tappy L; Rumpler W; Westerterp-Plantenga MS | Obes Rev. | Julho de 2011
[4] Body fat loss achieved by stimulation of thermogenesis by a combination of bioactive food ingredients: a placebo-controlled, double-blind 8-week intervention in obese subjects | Belza A; Frandsen E; Kondrup J. | Int J Obes (Lond). | Janeiro de 2007

 

LINKS:

1) https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/20492310
2) https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27824614
3) https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21366839
4) https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/16652130