Sanofi

Como controlar a ansiedade e nervosismo no dia a dia

A ansiedade é considerada o mal do século. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil é o país mais ansioso da América Latina. Quando o índice é ampliado para o mundo, o resultado também é preocupante: 33% da população sofre com a condição. [1] As pessoas estão mais agitadas e nervosas no dia a dia e muitas são as causas. Problemas financeiros, altas cargas de trabalho, sedentarismo, necessidade de ser multitarefas, entre outras, são as questões que mais abalam a sociedade. O primeiro passo para aliviar esses efeitos é considerar a saúde mental como algo tão importante quanto a saúde física. Algumas mudanças na rotina também podem ajudar a driblar o problema.

Dicas de como controlar a ansiedade

Invista na qualidade do seu sono

Dormir é um processo fundamental para o perfeito funcionamento do organismo, isso porque é na hora do descanso que o corpo repõe energia, libera hormônios e fortalece a imunidade. Diversos estudos relacionam a qualidade do sono com distúrbios psicológicos. [2] Quando você não dorme bem, o seu corpo responde com cansaço, baixa energia e estresse. Por isso, não deixe esse momento de lado e sempre priorize o descanso. [3]

Tire um momento para meditar

Tire pausas para relaxar. Seja no horário de almoço do trabalho, logo quando acorda ou antes de dormir, é muito importante ter momentos para não se preocupar com nada. A meditação pode ser um caminho eficaz para conseguir isso. Algumas pesquisas confirmam que a terapia é capaz de aliviar os sintomas da ansiedade, depressão e outros transtornos psicológicos. [4]

Faça exercícios físicos regularmente

Muitos estudos já evidenciam os benefícios da atividade física na saúde do coração e dos ossos. Mas você sabia que o sedentarismo também pode ser um fator que aumenta a ansiedade e estresse? Durante a prática de algum exercício físico, o corpo libera substâncias que protegem a função cerebral e aumentam a sensação de bem-estar. Portanto, não importa se será uma caminhada, corrida, musculação ou natação, sempre se mantenha ativo para uma vida mais equilibrada. [5]

Nas horas de ansiedade, tome um chá de camomila

A camomila não é indicada à toa para aliviar os momentos de nervosismo. A erva, utilizada na medicina alternativa há muitos séculos, tem efeito tranquilizante e pode te ajudar a dormir melhor. A justificativa está na alta concentração de terpenos, compostos capazes de diminuir os sintomas do estresse e ansiedade. [6]

Ansiedade e alimentação: o que tem a ver?

Uma alimentação equilibrada e que contemple todos os nutrientes que seu corpo precisa é capaz de prevenir muitas doenças. As vitaminas e minerais também têm efeitos na saúde mental e a falta deles pode levar a quadros de ansiedade, estresse e depressão. O magnésio, por exemplo, é um mineral que impacta a produção de energia e o sistema nervoso. Um estudo espanhol indicou que a baixa concentração de cortisol e adrenalina tem relação com a deficiência do mineral no organismo. [7] A falta de vitamina D também está associada com sintomas da depressão e ansiedade, segundo um estudo da Royal College of Psychiatrists. [8]

 

Referências Consultadas:

[1] Pesquisa demonstra que o Brasil é um país ansioso | Jornal da USP | 05 de dezembro de 2018
[2] Understanding Mental and Physical Fatigue Complaints in Those With Depression and Insomnia | Colleen E Carney, Taryn G Moss Atlin, Angela Lachowski, Molly E Atwood | Behavioral Sleep Medicine | Outubro de 2013
[3] Impacto dos transtornos do sono sobre o funcionamento diário e a qualidade de vida | Mônica Rocha Muller, Suely Sales Guimarães | Estudos de Psicologia I Universidade de Campinas | outubro - dezembro 2007
[4] Depression and Anxiety Disorders: Benefits of Exercise, Yoga, and Meditation | SY ATEZAZ SAEED, KARLENE CUNNINGHAM, RICHARD M. BLOCH | University Brody School of Medicine | maio de 2019
[5] Exercício físico e função cognitiva: uma revisão | Hanna K.M. Antunes, Ruth F. Santos, Ricardo Cassilhas, Ronaldo V.T. Santos, Orlando F.A. Bueno, Marco Túlio de Mello | Revista Brasileira de Medicina do Esporte | Março e abril de 2006
[6] Chamomile: A herbal medicine of the past with bright future | Janmejai K Srivastava, Eswar Shankar, Sanjay Gupta | United States Public Health Service Grants | Novembro de 2010
[7] Anxiety and stress among science students. Study of calcium and magnesium alterations | G. Grases, J.A. Pérez-Castelló, P. Sanchis, A. Casero, J. Perelló, B. Isern, E. Rigo, F. Grases | Magnesium Research | 2006
[8] Vitamin D deficiency and depression in adults: systematic review and meta-analysis | Rebecca E. S. Anglin, Zainab Samaan,, Stephen D. Walter, Sarah D. McDonald | Cambridge University Press | 02 de janeiro de 2018

 

LINKS

1) https://jornal.usp.br/atualidades/pesquisa-demonstra-que-o-brasil-e-um-pais-ansioso/
2) https://www.researchgate.net/publication/257837860_Understanding_Mental_and_Physical_Fatigue_Complaints_in_Those_With_Depression_and_Insomnia
3) https://www.redalyc.org/pdf/3953/395335889011.pdf
4) https://www.aafp.org/afp/2019/0515/p620.html
5) http://www.scielo.br/pdf/%0D/rbme/v12n2/v12n2a11.pdf
6) https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2995283/
7) https://pdfs.semanticscholar.org/0ebe/6debd043716b2b85df94448974af84ece518.pdf
8) https://www.cambridge.org/core/journals/the-british-journal-of-psychiatry/article/vitamin-d-deficiency-and-depression-in-adults-systematic-review-and-metaanalysis/F4E7DFBE5A7B99C9E6430AF472286860