Sanofi

Como evitar as dores musculares no inverno

No inverno e em dias frios, no geral, há uma tendência maior de tensão e dor muscular, pois os músculos se contraem mais. Além disso, nesses períodos as pessoas costumam se exercitar e alongar menos, o que também contribui para o aumento das dores musculares. A movimentação, por meio de atividades físicas, é uma das principais e mais simples formas de controlar o quadro.

Confira a seguir 4 dicas para evitar dores musculares no inverno

Aquecimento é importante para reduzir as chances de lesões

Tendo em vista a importância de exercitar o corpo especialmente no inverno para evitar dor e tensão nos músculos, o alongamento é um passo que também deve ser destacado, pois funciona em conjunto com o exercício no tratamento contra lesões musculares. Pesquisas mostram que se alongar antes da prática de atividade física ajuda a aumentar a flexibilidade e diminui os riscos de dor muscular pós-treino [1].

Dieta rica em carboidratos e proteínas ajuda no pré-treino e pós treino

De acordo com pesquisas, manter uma dieta rica em carboidratos pode ajudar a preparar os músculos para a atividade física. O carboidrato funciona, portanto, como “combustível” para os músculos no pré-treino [2]. Já as proteínas atuam no pós-treino, auxiliando na recuperação do músculo [3]. Isso é importante para o desempenho em um momento futuro de prática de exercício, mas também para impedir desconforto muscular, como costuma acontecer no frio.

Manter-se bem hidratado é fundamental

Outro hábito importante indicado para o pós-treino é o de se hidratar bastante. Pesquisas indicam que ingerir líquidos ao longo do dia e, especialmente, após o treino, permite que, não apenas os músculos, mas todo o corpo tenha mais chances de se recuperar plenamente para a sessão de exercícios do dia seguinte e fique mais relaxado [4].

Busque formas de se manter motivado a fazer exercício

Como no inverno as pessoas tendem a ficar menos inclinadas para praticar atividades físicas, é interessante achar atividades estimulantes e instigantes, que você queira praticar mesmo no frio. Dessa maneira, fica mais fácil e leve cuidar para que os músculos não fiquem doendo. Atividades coletivas também podem trazer benefícios, com alguns estudos mostrando que treinar em grupo costuma aumentar a motivação e engajamento dos participantes, por exemplo [5].   

 

Referências Consultadas:

[1] The effect of warm-up and cool-down exercise on delayed onset muscle soreness in the quadriceps muscle: a randomized controlled trial | Olsen O; Sjøhaug M; van Beekvelt M; Mork PJ | J Hum Kinet. | Dezembro de 2012
[2] Fluid and electrolyte needs for preparation and recovery from training and competition | Michael J. Ormsbee; Christopher W. Bach; Daniel A. Baur | Nutrients. | Maio de 2014
[3] Role of nutrition in performance enhancement and postexercise recovery | Beck KL; Thomson JS; Swift RJ; von Hurst PR | Open Access J Sports Med. | Agosto de 2015
[4] Fluid and electrolyte needs for preparation and recovery from training and competition | Shirreffs SM; Armstrong LE; Cheuvront SN | J Sports Sci. | Janeiro de 2004
[5] Effect of team sports and resistance training on physical function, quality of life, and motivation in older adults | Pedersen MT; Vorup J; Nistrup A; Wikman JM; Alstrøm JM; Melcher PS; Pfister GU; Bangsbo J | Scand J Med Sci Sports. | Agosto de 2017

 

LINKS:

1) https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23486850
2) https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4042570/
3) https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/26316828
4) https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/14971433
5) https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28144978