Sanofi

Quais vitaminas possui Pharmaton Complex?

Essenciais para manter a saúde equilibrada e prevenir doenças graves, as vitaminas são nutrientes que possuem diferentes funções no organismo: regular o metabolismo, fortalecer a imunidade, regenerar ossos e pele, entre outros benefícios. As vitaminas atuam em conjunto para manter o corpo mais forte, mas não são produzidas pelo organismo. Por isso, a absorção é feita por meio de uma alimentação equilibrada e suplementação [11]. Pharmaton Complex foi formulado para suprir as necessidades vitamínicas e minerais do corpo que não são suficientes com alimentação e possui 13 vitaminas, incluindo as do Complexo B. Associado a um estilo de vida saudável, Pharmaton complex auxilia seu metabolismo energético. [12]

Quais vitaminas Pharmaton Complex possui e seus benefícios?

Vitamina A

Encontrada em fontes de origem animal (retinol) e vegetal (provitamina A), a vitamina A é um micronutriente essencial para a saúde dos olhos: a deficiência da vitamina está relacionada a condições como cegueira noturna, xeroftalmia, manchas de Bitot, entre outras. [1] Além disso, o nutriente tem um papel importante na renovação celular dos tecidos e no sistema imunológico: a vitamina é parte integrante da camada de muco do trato respiratório e do intestino e sua função anti inflamatória demonstra efeitos positivos no tratamento de doenças infecciosas. [2] A deficiência de vitamina A é um dos principais causadores de problemas nos olhos, causando inclusive cegueira parcial ou total. Em crianças de seis meses a quatro anos, a ingestão correta pode diminuir o risco de mortalidade, de acordo com o Ministério da Saúde. [3]

Complexo B

Pharmaton Complex possui as oito vitaminas do Complexo B (B1, B2, B3, B5, B6, B7, B9 e B12) em sua fórmula. [4] Esses micronutrientes são fundamentais para o funcionamento do corpo humano e, entre as muitas atuações, possui impacto nas células, sistema nervoso e metabolismo de proteínas, carboidratos, aminoácidos e gorduras. [5]

Vitamina C

Com alta função antioxidante, a vitamina C (também denominada como ácido ascórbico) tem efeitos comprovados no tecido conjuntivo, vasos sanguíneos e sistema neurológico. Com uma dose recomendada de cerca de 100mg por dia (com exceção para grávidas, lactantes, fumantes e pessoas com quadros infecciosos), o nutriente estimula a absorção de ferro pelo organismo e também participa da síntese de alguns hormônios do sistema nervoso. No caso de deficiência da vitamina, os primeiros sinais são hemorragias de vasos sanguíneos sob a pele e até sangramento ocular. Em casos mais graves, a deficiência de vitamina C pode desencadear doenças específicas, como escorbuto, associadas com anemia e diarreias. [6]

Vitamina D

A vitamina D é essencial para a metabolização de cálcio e fósforo no organismo e cerca de 80% pode ser absorvida pela exposição solar. O nutriente desempenha funções nos rins, intestino e glândulas paratireóides, além de ser fundamental para um desenvolvimento ósseo saudável. Outro benefício muito importante é a homeostase do cálcio, fundamental para a regulação correta do sistema nervoso, crescimento dos ossos e manutenção a densidade óssea. Em relação ao metabolismo ósseo, a falta de vitamina D causa a mineralização ou desmineralização do esqueleto - alguns estudos sugerem que a deficiência severa aumenta o risco de osteoporose e outros problemas graves de saúde. [7]

Vitamina E

A função antioxidante é uma das principais propriedades da vitamina E. Por estar muito presente nas membranas biológicas, tem forte contribuição na manutenção das estruturas celulares, impedindo a ação dos radicais livres. O consumo ideal do nutriente, seja por alimentos ou suplementação, atua no fortalecimento do sistema imunológico e é capaz de inibir as células inflamatórias. A deficiência de vitamina E, por sua vez, é muito rara, mas quando ocorre está ligada à anormalidades nas lipoproteínas e má absorção pancreática, além disso, também pode estar relacionada com a doença celíaca e desnutrição. [8]

Vitamina K

Com uma atuação essencial no organismo, a vitamina K é parcialmente produzida pela flora intestinal. O nutriente auxilia na transformação das proteínas em substâncias fundamentais para a correta coagulação do sangue, além disso, age na mineralização óssea ao potencializar a absorção de cálcio. [9] Com absorção no intestino delgado e transportada pela rede linfática, os principais sintomas de deficiência da vitamina K são hemorrag­ias, osteoporose e equimoses. [10]

 

Referências Consultadas:

[1] - A vitamina A e o olho: uma velha história em tempos modernos | Jacqueline Ferreira Faustino, Alfredo Ribeiro-Silva, Rodrigo Faeda Dalto, Marcelo Martins de Souza, João Marcello Fortes Furtado, Gutemberg de Melo Rocha, Monica Alves, Eduardo Melani Rocha | Universidade de São Paulo | Janeiro e fevereiro de 2016
[2] - Role of Vitamin A in the Immune System | Zhiyi Huang, Yu Liu, Guangying Qi, David Brand, Song Guo Zheng | Guilin Medical University | Setembro de 2018
[3] - VITAMINA A: Combustível essencial para garantir o bom funcionamento do organismo | Blog da Saúde | 12 de Julho de 2016
[4] - Tabela Nutricional Pharmaton Complex
[5] - Funções Plenamente Reconhecidas de Nutrientes Vitaminas do Complexo B | Helio Vannucchi, Selma Freire de Carvalho da Cunha | International Life Sciences Institute do Brasil | Julho de 2009
[6] - Funções Plenamente Reconhecidas de Nutrientes Ácido ascórbico (Vitamina C) | Helio Vannucchi, Marcele de Moraes Rocha | International Life Sciences Institute do Brasil | Julho de 2012
[7] - Funções Plenamente Reconhecidas de Nutrientes Vitamina D | Barbara Santarosa Emo Peters, Lígia Araújo Martini | International Life Sciences Institute do Brasil | Maio de 2014
[8] - Funções Plenamente Reconhecidas de Nutrientes Vitamina E | Célia Cohen, Camila Siqueira Silva, Helio Vannucchi | International Life Sciences Institute do Brasil | Setembro de 2014
[9] - Funções Plenamente Reconhecidas de Nutrientes Vitamina K | Silvia Maria Custódio das Dôres | International Life Sciences Institute do Brasil | Junho de 2010
[10] - VITAMINA K: METABOLISMO E NUTRIÇÃO | Sílvia Maria Custódio das DÔRES, Sérgio Alberto Rupp de PAIVA, Álvaro Oscar CAMPANA | PUC Campinas | Dezembro de 2001
[11] - Vitaminas | Editor: A. Dingwall Fordyce, MD, FRCP (Edin.). Edinb Med J . 1919 de outubro; 23 (4): 263-270.
[12] - Vannuchi H, Cunha SFC. Vitaminas do Complexo B: Tiamina, Riboflavina, Niacina, Piridoxina, Biotina e Ácido Pantotênico. Série de publicações ILSI Brasil: funções plenamente reconhecidas de nutrientes 2009

 

LINKS:

1) http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-27492016000100018
2) https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6162863/
3) http://www.blog.saude.gov.br/entenda-o-sus/51302-vitamina-a-combustivel-essencial-para-garantir-o-bom-funcionamento-do-organismohtml.html
4) https://www.pharmaton.com.br/pharmaton
5) https://ilsi.org/brasil/wp-content/uploads/sites/9/2016/05/09-Complexo-B.pdf
6) http://ilsi.org/brasil/wp-content/uploads/sites/9/2016/05/21-Vitamina-C.pdf
7) https://ilsi.org/brasil/wp-content/uploads/sites/9/2016/05/artigo_vitamina_d.pdf
8) http://ilsi.org/brasil/wp-content/uploads/sites/9/2016/05/artigo_vitamina_e.pdf
9) https://ilsi.org/brasil/wp-content/uploads/sites/9/2016/05/14-Vitamina-K.pdf
10) http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1415-52732001000300007&script=sci_arttext
11) https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5271620/?page=7
12) http://ilsi.org/brasil/wp-content/uploads/sites/9/2016/05/09-Complexo-B.pdf