Sanofi

Quem pode tomar ômega 3?

A busca por uma nutrição consciente e adequada já é uma realidade entre a população, que passou a analisar quais os melhores alimentos para consumir e como aproveitar seus benefícios e vitaminas. O ômega 3 é um exemplo de gordura insaturada importante para o nosso corpo - mas que não é produzida por ele - e que pode ser encontrado em alguns peixes, como o bacalhau, e em algumas sementes, como a linhaça. Mas quem pode consumir ômega 3? É indicado para todo mundo? Ele realmente possui benefícios relevantes à saúde? Se você está com todas essas dúvidas, vamos te ajudar nas respostas abaixo!

Ômega 3: para que serve esse ácido graxo?

O ômega 3 é uma “gordura boa” para o corpo, já que possui a capacidade de diminuir os níveis de LDL no sangue, conhecido como o “colesterol ruim” e um dos responsáveis pela ocorrência dos infartos, já que contribui para o entupimento das artérias. Assim, ingerir ômega 3 nas quantidades adequadas diminui este e outros riscos de doenças cardiovasculares, visto que a substância auxilia no funcionamento do sistema circulatório. [1] Outro importante benefício do ômega 3 é que ele também atua como uma substância anti-inflamatória, auxiliando no tratamento da artrite, por exemplo. [2] Alguns estudos indicam que pessoas que vivem com uma rotina exaustiva também podem encontrar no ômega 3 um apoio para a melhora do estresse e dos quadros de ansiedade, bem como da atenção, resultando assim em uma maior capacidade de concentração nas tarefas diárias. [3]

Ômega 3 é recomendado a todas as idades, desde bebês a idosos

Com tantos benefícios, para quem é indicado o consumo de ômega 3? Todas as pessoas de todas as idades podem ingerir, em determinadas quantidades, o ômega 3, desde crianças a idosos, de acordo com as recomendações do médico ou nutricionista que os acompanham. Para crianças, por exemplo, este rico ácido graxo é imprescindível no desenvolvimento visual e neurológico, atuando na formação do cérebro e da retina, assim como no crescimento e saúde dos pequenos, de uma forma geral. No entanto, para que as grávidas possam transferir o ômega 3 de forma apropriada para seus filhos, é necessária a ingestão de peixes ricos neste nutriente, uma de suas principais fontes, entre duas a três vezes por semana. [4] Aliás, para as mulheres grávidas, os ácidos graxos exercem funções importantes que evitam quedas no sistema imunológico, auxiliam no bom funcionamento do metabolismo e até mesmo previnem quadros de alopecia e dermatite. [5]

Já para os idosos, o consumo constante deste ativo pode ser fundamental no combate a problemas circulatórios e processos inflamatórios, a exemplo de doenças cardiovasculares e artrite. [6] Ainda, por reduzir os níveis de triglicerídeos, colesterol e pressão arterial, alguns estudos atribuem ao ômega 3 a redução na chance de desenvolvimento de doenças crônicas, como diabetes, alguns tipos de câncer e até mesmo o Alzheimer. Vale lembrar que fontes ricas neste ácido graxo são peixes como o salmão, o atum, a sardinha e a cavalinha. [7] Quanto ao consumo de suplementos de ômega 3, é essencial consultar um médico ou nutricionista para orientar a dosagem indicada a cada caso.

 

Referências consultadas:

[1] - Alimentos Funcionais | Biblioteca Virtual em Saúde, Ministério da Saúde - 
http://bvsms.saude.gov.br/bvs/dicas/220_alimentos_funcionais.html
[2] - Ômega 3: principais benefícios à saúde humana | 2015 | DA SIVA, Adriana Ferreira | Faculdade de Educação e Meio Ambiente (Faema)
http://repositorio.faema.edu.br:8000/jspui/bitstream/123456789/398/1/SILVA%2C%20A.%20F.%20-%20%C3%94MEGA%203..%20PRINCIPAIS%20BENEF%C3%8DCIOS%20%C3%80%20SA%C3%9ADE%20HUMANA.pdf
[3] - Eating fish may prevent anxiety disorders - Study | 2012 | Tokyo Times | Dr. Masayuki Sekiguchi
https://www.tokyotimes.com/eating-fish-may-prevent-anxiety-disorders-study/
[4] - A importância do ômega 3 para a saúde humanda: um estudo de revisão | 2014 | VAZ, Diana Souza Santos; GUERRA, Marcos Rosa Maia; GOMES, Cristiane Faccio; SIMÃO, Andréa Name Colado; JUNIOR, Joaquim Martins | Revista Uningá
https://www.mastereditora.com.br/periodico/20141103_154429.pdf
[5] - Ômega-3: o que existe de concreto? | 2015 | WAITZBERG, Dan L. | 
https://www.researchgate.net/profile/Dan_Waitzberg/publication/265874955_Omega-3_o_que_existe_de_concreto/links/559cf77108ae4e46ea20718b.pdf
[6] - Influência dos ácidos graxos poli-insaturados ômega-3 no diabetes mellitus | 2014 | LOPES, Ana Claudia Nunes dos Santos; REIS, Lilian Barros de Sousa Moreira
http://bvsms.saude.gov.br/bvs/periodicos/Influencia_dos_acidos_graxos_poliinsaturados.pdf
[7] - Semana do Peixe: Conheça os principais nutrientes encontrados nos pescados | Blog da Saúde, Ministério da Saúde | 2013
http://www.blog.saude.gov.br/index.php/saudeemdia/31013-semana-do-peixe-conheca-os-principais-nutrientes-encontrados-nos-pescados