Sanofi

Você sabia que hormônios liberados em atividades físicas aliviam o estresse? Veja mais!

A vida de todo mundo pode apresentar momentos difíceis, eles nos trazem a necessidade de estarmos preparados psicologicamente para enfrentá-los a qualquer hora. Sejam eles términos de relacionamentos, frustrações no trabalho ou com os estudos, uma coisa é certa: temos que procurar o que é bom para aliviar o estresse e nos sentirmos bem. Uma maneira inteligente e que tem se mostrado eficaz nessa batalha contra o esgotamento mental é a prática de atividades físicas.

Prática de atividades físicas diversas é ideal para aliviar o estresse

Para atingir seu objetivo com as atividades físicas, saiba que não será necessário fazer nada de grande intensidade ou que não esteja a seu alcance. O simples hábito de fazer caminhadas ao ar livre, andar de bicicleta, fazer aulas de dança, jogar vôlei na praia ou jogar futebol em uma quadra já vai proporcionar a liberação de endorfina, um hormônio que tem a função de nos dar a sensação de prazer e relaxamento. Por isso mesmo, criar uma constância na prática das atividades físicas é bastante interessante para amenizar o estresse do dia a dia, o que consequentemente também vai melhorar a qualidade do seu sono.

Além disso, há diversos outros benefícios que são resultados de uma vida não sedentária. Caso você queira perder peso, controlar sua pressão arterial e seus níveis de colesterol no sangue, os exercícios físicos podem ser grandes aliados. E mais, caso você sofra de ansiedade, não esteja sendo capaz de se integrar adequadamente às outras pessoas, esteja sofrendo com mau humor e baixa autoestima frequentemente, praticar atividades físicas com regularidade vai fazer você se sentir muito melhor.

Quem possui doenças crônicas, como o diabetes, também é altamente beneficiado pela prática física. Pessoas que necessitam de melhora na capacidade pulmonar, como os portadores de bronquite e doenças semelhantes, também podem encontrar nas atividades uma forte aliada para o tratamento de suas enfermidades. Idosos também devem encarar os exercícios de forma positiva, já que eles são capazes de auxiliar na flexibilidade das articulações e, também, no fortalecimento dos ossos e dos músculos - tudo isso realizado com cautela e sob instrução profissional adequada. [1]

Pratique atividades físicas que te deem prazer e que permitam o contato social

Se você ainda não sabe por onde começar a inserir atividades físicas em seu dia a dia, um bom guia é o autoconhecimento. Conhecer o que te dá prazer vai permitir que você pratique atividades físicas agradáveis para você e que sejam coerentes à sua personalidade. Por exemplo, se você tiver um perfil de pessoa mais reservada e introspectiva, atividades como a ioga e o tai chi chuan serão boas alternativas. Já se o que você curte é o contato social frequente, aulas que envolvam a participação de uma quantidade razoável de pessoas, a exemplo de aulas de zumba, certamente combinarão melhor com você.  O importante é que você se sinta bem praticando aquilo que mais gosta. A reunião desses fatores acima podem ajudar a deixar sua rotina mais tranquila! [2]

 

Referências consultadas:

[1] - Pratique atividades físicas e combata o estresse | 09/2014 | Blog da Saúde, Ministério da Saúde
http://www.blog.saude.gov.br/index.php/34450-pratique-atividades-fisicas-e-combata-o-estresse

[2] - Exercícios físicos podem ser ótimos remédios contra o estresse e a ansiedade | 10/2013 | Blog da Saúde, Ministério da Saúde
http://www.blog.saude.gov.br/index.php/saudeemdia/33161-exercicios-fisicos-podem-ser-otimos-remedios-contra-estresse-e-ansiedade