Sanofi

Inspire-se: Silke

Quando a maioria das pessoas pensam em corredores de maratonas dedicados, elas provavelmente imaginam homens e mulheres magros, em seus trinta e poucos anos, ou os superstars quenianos quebrando recordes mundiais na TV. Para Silke, no entanto, um gerente de restaurante de 55 anos, a paixão pelas corridas de longa distância foi algo que veio muito mais tarde em sua vida.

Como você virou um corredor de maratonas aos 55 anos de idade?

Nunca tive uma vida muito ativa e as horas em que trabalhava em restaurantes não ajudavam a manter uma programação regular de atividade física. Mas sempre gostei de assistir maratonas na TV e sempre quis sentir aquela sensação de realização. Comecei a correr sempre que conseguia encontrar algum tempo e, gradualmente, aumentei minha resistência. Fiz alguns amigos de corrida que também eram novos nisso e nós incentivávamos uns aos outros para continuar. Aos 50 anos, corri minha primeira maratona e fiquei viciado desde então!

O que inspira você a continuar correndo?

Sou inspirado pelo sentimento de realização que tenho quando uma corrida termina – para ver todas as horas de trabalho árduo compensadas. Também me inspiro em outros corredores que só começaram a correr mais tarde na vida.

Que conselho você daria?

Você nunca é velho demais – por isso não subestime o seu potencial!

CONTE SUA HISTÓRIA!

Preencha o formulário abaixo e envie para a equipe Pharmaton®.

Fale sobre você...

Ao enviar esta história dou consentimento para o seu conteúdo ser adaptado
e publicado no site de Pharmaton®.
*CAMPOS OBRIGATÓRIOS